domingo, 17 de novembro de 2013

Eu Sei

Eu sei
Tudo pode acontecer
Eu sei
Nosso amor não vai morrer
Vou pedir aos céus
Você aqui comigo
Vou jogar no mar
Flores prá te encontrar
Por que você disse adeus
Guardei
O beijo que você me deu
Vou pedir aos céus
Você aqui comigo
Vou jogar no mar
Flores para te encontrar
You say good-bye
And I say hello
You say good-bye
And I say hello
Oh! Oh! Uh!
Yeah! Yeah! Yeah! Yeah!
Hey! Yeah! Yeah! Yeah!
Yeah! Yeah! Yeah! Yeah!
Por que você disse adeus
Não sei
Guardei
O beijo que você me deu
Vou pedir aos céus
Você aqui comigo
Vou jogar no mar
Flores pra te encontrar
You say good bye
And I say hello
You say good bye
And I say hello
Oh! Oh! Oh! Oh!
Yeah! Yeah! Yeah! Yeah!
Yeah! Yeah! Yeah! Yeah!
Yeah! Yeah! Yeah! Yeah!
Uh! Uh! Uh! Uh!


Papas da Lingua

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Valeu Amigo !

Eu ouvi palavras ditas com carinho
De que na vida ninguém é feliz sozinho
E você é um alguém que sempre me fez bem
Me protegeu e me tirou de todo perigo
E quando eu precisei você chorou comigo
Valeu por você existir, é tão bom te ter aqui

Eu rezo e peço pra Deus cuidar
a sua vida abençoar
Vou correr por você até o fim' A.P

Me quis tirar do mal, eu percebi
Disse verdades que eu mereci
Então pra sempre amigos, sim
Se Deus quiser
Vou ter você guardado no meu coração
Até nos seus conselhos de irmão
E é pra você que eu dedico essa canção

Eu rezo e peço pra Deus cuidar, cuidar
A sua vida abençoar, abençoar
Vou correr Por você até o fim
Assim eu sei que pra você também
Sou alguém que te faz tão bem
Mais que amigo e irmão meu, valeu

Eu rezo e peço pra Deus cuidar, cuidar
A sua vida abençoar, abençoar
Vou correr com você até o fim
Assim eu sei que pra você também
Sou alguém que te faz tão bem
Mais que amigo e irmão meu, valeu

Quando todos se forem, eu vou estar lá com você, 
amigos até depois do fim!
Valeu amigo.



MC Pikeno e Menor 

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Ligação

Por cada noite sem dormir
Cada dia que passou
Por cada vez, cada vez que me senti assim
Pela grana que eu gastei
Pelo tempo que perdi
Que foi em vão, e eu fiquei sem ter pra onde ir
Cada briga sem razão
Cada verso sem refrão
Você virou as costas pra quem te era bom
Mas não vou ficar aqui me lamentando com você
Essa é a última vez que faço essa ligação
Escute bem porque
Quando eu desligar
Você não vai saber mais nada sobre mim
Chegamos ao fim
O ultimo alô
É na verdade um adeus
Esqueça aqueles planos
Eles não são mais seus
Ahhh ahhh
Por cada hora que passou
E as mentiras que contou
Por alguém que talvez deixei de conhecer
Pelas cartas que escrevi
A tatuagem que eu fiz
Pra marcar o que hoje quero esquecer
Cada briga sem razão
Cada verso sem refrão
Você virou as costas
Pra que te queria bem
Mas não vou ficar aqui me lamentando com você
Essa é a ultima vez que faço essa ligação
Escute bem porque
Quando eu desligar
Você não vai saber mais nada sobre mim
Chegamos ao fim
O ultimo alô
É na verdade um adeus
Esqueça aqueles planos
Eles não são mais
Pra você o amanhã nunca existiu
Esqueceu tudo o que vivemos ontem
Jogou fora dias meses e lembranças
Nosso tempo você disperdiçou
Não há mais nada a fazer
Quando eu desligar
Você não vai saber mais nada sobre mim
Chegamos ao fim
O ultimo alô
É na verdade um adeus
Esqueça aqueles planos
Eles não são mais seus
Eles não são mais seus
Eles não são mais seus
Não são mais
Não são mais seus
-NX Zero


domingo, 20 de outubro de 2013

Poema de Cecilia Meireles

Pus o meu sonho num navio
e o navio em cima do mar;
- depois, abri o mar com as mãos,

para o meu sonho naufragar... 

Cecilia Meireles

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Fica do Meu Lado

Deus é que me livre ficar sem você
Fica do meu lado que não falta amor
Sem o seu carinho eu vou enlouquecer
Vem, chega mais perto me dá o seu calor
Deus sabe que nada eu vou poder fazer
Se um dia eu perco todo esse amor
Vem ficar comigo quando escurecer
Eu quero estar contigo seja onde for

Eu sei que o seu mundo girou só pra me encontrar
Parece ter feito no vento um lugar pra amar
Então o tempo passa
Talvez fique sem graça
Ou nunca mais eu faço esse sorriso pra você
Mas só que ela passa e todo mundo vê
Que o meu plano já deu certo
Só de tentar te dizer

Deus é que me livre ficar sem você
Fica do meu lado que não falta amor
Sem o seu carinho eu vou enlouquecer
Vem, chega mais perto me dá o seu calor
Deus sabe que nada eu vou poder fazer
Se um dia eu perco todo esse amor
Vem ficar comigo quando escurecer
Eu quero estar contigo seja onde for

Eu sei que o meu mundo girou só pra te encontrar
Parece que achei no seu peito um lugar pra morar
Tirei o seu sossego
Abri os teus segredos
E vi nos seus defeitos um caminho pra entender
Que a vida logo passa e quando a gente vê
Já e tarde pra dizer o quanto eu gosto de você

Deus é que me livre ficar sem você
Fica do meu lado que não falta amor
Sem o seu carinho eu vou enlouquecer
Vem, chega mais perto me dá o seu calor
Deus sabe que nada eu vou poder fazer
Se um dia eu perco todo esse amor
Vem ficar comigo quando escurecer
Eu quero estar contigo seja onde for

Eu quero você pra sempre
Vem me dá seu calor
Vem pra perto de mim


Onze:20





quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Anjos

Oh Lord, oh Lord, oh Lord, oh Lord
Lord, Lord, Lord, Lord
Oh Lord, oh Lord, oh Lord, oh Lord
Lord, Lord, Lord, Lord

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim
Não tem fim
É

Se você não aceita o conselho, te respeito
Resolveu seguir, ir atrás, cara e coragem
Só que você sai em desvantagem se você não tem fé
Se você não tem fé

Te mostro um trecho, uma passagem de um livro antigo
Pra te provar e mostrar que a vida é linda
Dura, sofrida, carente em qualquer continente
Mas boa de se viver em qualquer lugar
É

Volte a brilhar, volte a brilhar
Um vinho, um pão e uma reza
Uma lua e um sol, sua vida, portas abertas

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim
Não tem fim

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim

Oh Lord, oh Lord, oh Lord, oh Lord
Lord, Lord, Lord, Lord
Oh Lord, oh Lord, oh Lord, oh Lord
Lord, Lord, Lord, Lord

Mostro um trecho, uma passagem de um livro antigo
Pra te provar e mostrar que a vida é linda
Dura, sofrida, carente em qualquer continente
Mas boa de se viver em qualquer lugar

Podem até gritar, gritar
Podem até barulho então fazer
Ninguém vai te escutar se não tem fé
Ninguém mais vai te ver

Inclinar seu olhar sobre nós e cuidar
Inclinar seu olhar sobre nós e cuidar
Inclinar seu olhar sobre nós e cuidar
Inclinar seu olhar sobre nós e cuidar

Pra você pode ser

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim

Pra você pode ser
Pode ser
Pra você pode ser

Nunca tem fim (A fé na vitória tem que ser inabalável)
Nunca tem fim (A fé na vitória tem que ser inabalável)
Nunca tem fim (A fé na vitória tem que ser inabalável)

Oh Lord, oh Lord, oh Lord, oh Lord

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé, fé, fé
A vida nunca tem fim

A fé na vitória tem que ser inabalável

Pra você pode ser
Pra você pode ser
Pra você pode ser

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim
Não tem fim






Entre em contato conosco pelo facebbok:::::https://www.facebook.com/pages/Blog-Al%C3%A9m-Do-Mar/281609855303179?ref=hl
Link: http://www.vagalume.com.br/o-rappa/anjos-pra-quem-tem-fe.html#ixzz2ggUdR55Y

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Um Céu ,Um Sol e um Mar

Quero as vibrações que atraem, 
Quero a noite envolver, 
Peço a Deus que ampare 
Pro nosso amor jamais morrer 
Talvez possa construir quase tudo que sonhar 
Minhas chances são de desistir, 
Ou um dia encontrar 
Um céu, um sol e um mar 
Um céu, um sol e um mar 
Um céu, um sol e um mar 
Um céu, um sol e um mar 
Quero as ondas desses mares, 
Universo em fim de tarde 
Desejo de verão arder, 
E jah a minha flor não desampare 
Qual é? eu to na fé, não me amole 
Torço e se Deus quiser tudo melhore 
Vento veio e levou a dor que já passou 
Meu amooor... 
Talvez possa construir quase tudo que sonhar 
Minhas chances são de desistir, 
Ou um dia encontrar 
Um céu, um sol e um mar 
Um céu, um sol e um mar 
Um céu, um sol e um mar 
Um céu, um sol e um mar 
Talvez possa construir quase tudo que sonhar 
Minhas chances são de desistir, 
Ou estar em algum lugar e ver o sol nascer 
Olhando as crianças livres a correr 
Sentir a natureza e agradecer 
Pelo céu, sol e mar e a vida com você... 


Natiruts

...

domingo, 22 de setembro de 2013

Frases de Bob Marley


''Seja feliz do jeito que você é, não mude sua rotina pelo o que os outros exigem de você simplesmente viva de acordo com o seu modo de viver.''

''Me disseram que quem sonha alto o tombo é grande. Só que se esqueceram de me perguntar se eu tenho medo de cair .''


''Alguns vão te odiar, fingem que te amam agora. Então, pelas costas, eles tentam te eliminar. Mas quem Jah abençoa, ninguém amaldiçoa.''

''Nada é errado se te faz feliz.''

''Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra.''

''Não viva para que a sua presença seja notada,mas para que a sua falta seja sentida.''

''Sou louco porque vivo em um mundo que não merece minha lucidez.''

''Seja humilde, pois, até o sol com toda sua grandeza se põe e deixa a lua brilhar.''

''Se choras por não ter visto o pôr do Sol, as lágrimas não te deixarão ver as estrelas.''

''Se a vida fosse bela, todo dia teria sol, todo mar teria onda, toda música seria reggae e toda fumaça faria a cabeça.''

''Nos chamam de loucos, num mundo em que os certos fazem bombas.''

''Para quê levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos. ''


#Surf:::Como escolher a sua prancha



Procure um shaper de sua confiança e passe as informações que deseja sobre sua nova prancha.

Diga o tempo que irá surfar, seu peso, altura, tipo de onda a ser surfada, posicionamento na prancha, pressão do pé para que, na hora de encomendar sua prancha, o Shaper consiga desenvolver um design totalmente correto em relação as necessidades atuais do surfista.

Caso seja um novato, prefira uma prancha sempre um pouco maior que sua altura, com um pouco mais de flutuação e mais larga para que facilite o seu aprendizado mais rápido.

Não se preocupe que com o tempo saberá vários aspectos técnicos de sua prancha em relação a medidas.

Desconfie se o preço da prancha for muito barato, pois atrás de uma prancha muito leve pode haver uma grande armadilha, pois poderá ter sido confeccionada com apenas 01 (um) tecido na parte de cima da prancha, fazendo com que em pouco tempo, esteja toda amassada.

Confira abaixo a Tabela de Peso em relação a Flutuação:

flut/polegada - flut/centÍmetro - peso surfista


2 1/8" pol 5,4 cm 44kg à 49kg
2 1/4" pol 5,7 cm 50kg à 64kg
2 5/16" pol 5,9 cm 65kg à 69kg
2 3/8" pol 6,0 cm 70kg à 74kg
2 1/2" pol 6,3 cm 75kg à 79kg
2 5/8" pol 6,6 cm 80kg à 84kg
2 3/4" pol 7,0 cm 85kg à 89kg
2 7/8" pol 7,3 cm 90kg à 94kg
3'0" pol 7,6 cm 95kg à 99kg

Informações retiradas de ::http://360graus.terra.com.br/surf



sábado, 21 de setembro de 2013

#Surf::Origem

A origem do surfe é bastante incerta, porém indícios remetem o seu início a algumas ilhas do Pacífico, especificamente as da Polinésia central. A prática teria sido derivada da necessidade de sobrevivência: como uma das técnicas de sobrevivência era a pesca, os nativos utilizavam-se de um barco bastante tradicional. Para voltar à terra firme, eles deslizariam sobre as ondas para retornar com maior rapidez.
Essa prática teria se perpetuado até o Havaí, permanecendo restrita entre a realeza local. No contexto havaiano o surfe era praticado como ritual de oferenda, apresentando relações diretas com agradecimento pelos coqueiros e seus frutos. O modo pelo qual o surfe era praticado se dava de acordo com a estrutura hierárquica da sociedade: a posição em pé era permitida apenas aos reis e seus filhos, que surfavam em pranchas de aproximadamente dois metros de comprimento. Outras pessoas vinculadas à realeza podiam praticar o surfe, desde que em pranchas menores e que nunca ficassem em pé na prancha. Ao restante dos nativos era proibida a prática.
Assim, o surfe ficou restrito às ilhas havaianas até o início do século XX. Sua divulgação se deu a partir do ex-nadador olímpico havaiano Kahanamoku, que sempre levava sua prancha para os lugares em que tinha competição.
O ingresso do surfe no Brasil se deu por meio dos trabalhadores de companhias aéreas que, ao entrar em contato com o surfe fora do país, trouxeram o esporte para nosso país. Iniciando pela praia paulista de Santos e logo caindo nas graças dos cariocas, o surfe rapidamente se espalhou pelo litoral brasileiro. As primeiras pranchas utilizadas eram de madeira, até que em meados da década de 1960, passaram a ser utilizadas as pranchas de fibra de vidro.
A primeira organização voltada ao surfe no Brasil foi a Associação de Surfe do Rio de Janeiro, fundada em 1965. No entanto, o órgão máximo dos esportes no Brasil, a Confederação Brasileira de Desportos, apenas reconheceu o surfe como esporte no ano de 1988, após a realização do primeiro campeonato brasileiro de surfe.
Como a grande maioria dos esportes, o surfe também tardou a incorporar as mulheres na sua disputa. Enquanto o primeiro campeonato brasileiro masculino aconteceu em 1987, o primeiro campeonato brasileiro feminino de surfe ocorreu apenas em 1997, dez anos mais tarde. No cenário masculino, destaca-se principalmente o surfista Peterson Rosa, Paranaense, vencedor três vezes do campeonato nacional. Já no feminino, duas mulheres conseguiram igualmente o tetracampeonato brasileiro: Tita Tavares, do Ceará, e Andrea Lopes, do Rio de Janeiro.
Os benefícios do surfe são os mesmos de qualquer atividade aeróbica, mas com um diferencial delicioso: o contato com a natureza. Além de ser um excelente exercício cardiorrespiratório, o surfe trabalha todos os grupos musculares, além de propiciar o desenvolvimento da coordenação motora e do equilíbrio do praticante.





sexta-feira, 20 de setembro de 2013

De Janeiro A Janeiro

Não consigo olhar no fundo dos seus olhos
E enxergar as coisas que me deixam no ar, me deixam no ar
As várias fases, estações que me levam com o vento
E o pensamento bem devagar

Outra vez, eu tive que fugir
Eu tive que correr, pra não me entregar
As loucuras que me levam até você
Me fazem esquecer, que eu não posso chorar

Olhe bem no fundo dos meus olhos
E sinta a emoção que nascerá quando você me olhar
O universo conspira a nosso favor
A conseqüência do destino é o amor, pra sempre vou te amar

Mas talvez, você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro
Te amarei de janeiro a janeiro
Até o mundo acabar


Link: http://www.vagalume.com.br/nando-reis/de-janeiro-a-janeiro.html#ixzz2fTkOwN8B

-Nando Reis


....

Enquanto a maré ...

Enquanto a maré banhava a areia da praia, o Homem das 

Tulipas Holandês contemplava o oceano: 

— Juntadora treplicadora envenenadora ocultadora 

reveladora. Repare nela, subindo e descendo, levando tudo 

consigo. 

— O que é? — Anna perguntou.

— A água — respondeu o holandês. — Bem, e as horas.


                                     - A culpa é das estrelas


 ....

sábado, 14 de setembro de 2013

Gosto ...

Gosto da companhia de pessoas observadoras, com vontade de aprender. Que não perdem tempo em contemplar a poesia que a vida proporciona. Eu só tenho tempo pra vida. A cada dia que passa minha quantidade de palavras diminui e minha sede de ouvir aumenta. A vida tem muito a dizer. Eu só tenho a ouvir. Às vezes tenho vontade de morar no conforto da contemplação sublime. Contemplação despretensiosa. Irresponsável. De ficar mergulhado sem respirar na plateia da vida. Em apneia, no silêncio da observação. Me perdendo em cada detalhe, cada ruído, cada cor, cada gesto. Ah, o gesto... Aproveitar de muito perto (de tão longe), até o último suspiro, este espetáculo frágil de estar vivo.

- Felipe Ret



....

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Carta aos Meus

Dobra o joelho irmão
Para de pedir milagre pro teu Deus

Aproveita e pede perdão
Pede, pra saciar seu monte de distúrbios
E diz que pra sara a terra dele vai precisar 2 Dilúvios inteiros
200 noites de chuva pra limpar as impurezas
300 dias de morte pra matar a tristeza
Porque os irmãos tão se matando por dólar, por fome
por bola, por mulher, por pedra, por cola
Vejo um tanto de vidas que vem e que vão
Pensava que fosse a morte
Até que vejo que as vidas que são em vão
Um sobe e desce de alma sem corpo
com tanto corpo sem alma aqui só vagando sem direção
As vezes é difícil ver luz que faça acreditar
Se cada um de nós tem sua cruz pra carregar
Porque nem todos levam chicotadas
Porque o salário dos irmãozinhos é um recibo de nada
Tem o negro de pele clara
Branco de pele escura
Vejo os dois lados e não vejo nenhum da fechadura
Só vejo um lado da fixa ditadura
Vejo por todos os lados o que eles chamam de vida dura
Já me disseram que eu sou branco demais pra ser preto
Já me disseram que eu sou preto demais pra ser branco
A cor não importa
Porque quando você vem do gueto
Detector sempre apita na porta do giratória do banco
Depois reclama se cê ouve facção
Julgam que são nocivos pros moleques que tão no mundão sem sorte
Não é preciso amor pra gerar uma vida
Mas a falta desse amor muitas vezes nos leva a morte
E as histórias são sempre as mesmas por aqui
Quem morreu ontem ou quem foi jurado pra cair
Quem só se esconde ou quem achou um lado pra trair
Tá a espera do apocalipse abre o jornal, tá aí
Para de ver as imagens
Lê as noticias
Depois me diz quem tá errado ladrão ou policia
Depois me diz quem é culpado quem mata ou quem morre
Depois me diz quem é safado o que ataca ou o que corre
São lados de moedas
Você escolhe um
Bem, Mal,
Fraco, Forte
Buda, Ogum,
Muito pouco, Nada, Tudo, Ser, Não ser
Morrer, Viver
Ou só fazer peso na terra
Deus te deu arma
Não te pediu pra ir pra guerra
Deus te deu alma
Você decide o quanto erra
Não importa qual Deus vocês escolher
Mas precisa acreditar em algo
Mesmo que seja em só você
O mundo tenta desviar dizendo estamos sós
Diz que a luz só existe em seus faróis
Eu acredito em Deus mesmo sem escutar sua voz
Porque mesmo com tudo isso ele ainda dá outra chance pra nóis
Sinceramente também acredito em vocês
Acredito em mim
Liberdade, talvez
Mesmo com toda desgraça do mundo
Pra alertar meus irmãos, vagabundo, eu nasceria outra vez
E hoje eu nasço
Faço com meu rap o que uma carta faz
Mas deixo uma observação atrás
Que se a sua esperança morreu
Irmão f**eu
Ela era a ultima a morrer
Você já não existe mais...



Projota

...






segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Vocês Deixaram Saudade!!!

Morre hoje mais um dos integrantes da banda Charlie Brown Jr. .Champignon,com 35 anos foi encontrado morto no seu apartamento em São Paulo.Ele será enterrado no mesmo cemitério que Chorão.
Lembrando que fazem seis meses que nosso querido Chorão se foi,deixando saudade.
Saudade esta que se redobra agora.
Agora resta aos fãs da banda relembrar as belas canções que eles fizeram juntos.
E o que temos a dizer?
......''Você deixou saudade..."

Uma música que Só Os Loucos Sabem



Agora eu sei exatamente o que fazer
Bom recomeçar, poder contar com você
Pois eu me lembro de tudo irmão
Eu estava lá também
Um homem quando está em paz
Não quer guerra com ninguém
Eu segurei minhas lágrimas
Pois não queria demonstrar a emoção
Já que estava ali só pra observar
E aprender um pouco mais sobre a percepção
Eles dizem que é impossível encontrar o amor
Sem perder a razão
Mas pra quem tem pensamento forte
O impossível é só questão de opinião
E disso os loucos sabem
Só os loucos sabem
Disso os loucos sabem
Só os loucos sabem
Toda positividade eu desejo a você
Pois precisamos disso nos dias de luta
O medo cega os nossos sonhos
O medo cega os nossos sonhos
Menina linda, eu quero morar na sua rua
Você deixou saudade
Você deixou saudade
Quero te ver outra vez
Quero te ver outra vez
Você deixou saudade
Agora eu sei exatamente o que fazer
Vou recomeçar, poder contar com você
Pois eu me lembro de tudo irmão, eu estava lá também
Um homem quando esta em paz não quer guerra com ninguém

. .  .

O céu está mais feliz agora!!!

domingo, 8 de setembro de 2013

Tell Me - Me Diz

Me Diz

Da primeira vez
Que eu vi você
Eu senti minha vida inteira
E era tudo novo
Eu senti meus joelhos fracos
Meu coração ficou louco
Senti alguns "sim" e "não", senti até alguns "talvez"
Eu escalaria até o topo da montanha
Nadaria um oceano também
Ficaria de joelhos só se fosse por você
Acho que eu faria
Qualquer coisa
Você está nos meus sonhos e na canção que canto

Vem e me diz, me diz, me diz qualquer coisa e eu
Acreditarei em você
Me diz, me diz, me diz pra não ir embora e eu
Nunca te deixarei
Me diz, me diz, me diz que sou seu
E me diz
Que também é minha
Oh, me diz, me diz, me diz, me diz qualquer coisa

Tenho visto tantas garotas
Já ouvi tantas frases
E uma vez ou outra eu pensei
Que uma delas era minha
Bem, como sempre foi
E como sempre tem sido
Eu comecei a pensar que seríamos melhores como amigos
Mas aconteceu uma nova volta
É, um novo giro
Eu sei que disse antes que eu não conseguiria aguentar isso
Não sou do tipo que te escreve canções de amor
Ah, ia ajudar se alguém cantasse comigo

Vem e me diz, me diz, me diz qualquer coisa e eu
Acreditarei em você
Me diz, me diz, me diz pra não ir embora e eu
Nunca te deixarei
Me diz, me diz, me diz que sou seu
E me diz
Que também é minha
Oh, me diz, me diz, me diz, me diz qualquer coisa
Me diz
Qualquer coisa
Qualquer coisa
Oh, qualquer coisa

Sim

Da primeira vez
Que eu te vi
Foi algo diferente
E foi tudo novo
Está no modo como você se move
E como você me olha
Como se me prender a você fosse algo que eu devesse fazer
E tudo bem se fizer
E se você sentir o mesmo
Então podemos trocar olhares e talvez podemos trocar os nomes
E nós podemos olhar pra trás nessa maldita estrada
E não é assim que continua a canção certa...

Então diz, me diz, me diz qualquer coisa e eu
Acreditarei em você
Me diz, me diz, me diz pra não ir embora e eu
Nunca te deixarei
Me diz, me diz, me diz que sou seu
E me diz que também é minha
Oh, me diz, me diz, me diz, me diz qualquer coisa.

S.O.J.A -- Tradução da música Tell Me


....


Solitário Surfista

Olhei pro mar, pra não me perder de vista
E vi uma onda solitária, correndo sem quebrar
Como se fosse ela uma surfista
A onda olhou pra mim, me convidou jogando a sua crista
Abrindo os braços como ninguém abre
E eu que não sou Cristo, mas entendo de milagre
Fui andando sobre as águas do jeito que só quem conhece sabe
Aloha!
Salve Jorge!
Salve Gabriel!
Aí, o mar subiu Jorge
Subiu. Tão dizendo que tá 15 pés
E olha essa praia que beleza
Que beleza, que sereia, maravilhosa

Acorde num domingo, tome seu café
Pegue a sua prancha, tome a benção à mãe
Reze com fé e vai pro mar
Solitário Surfista 
Mar doce lar, vasto e profundo, mais vasto é o meu coração
Que não cabe nesse mundo e precisa transbordar
Navegar não é preciso, é preciso surfar
Nada parado, tudo em movimento
O chão é a parede e é o teto ao mesmo tempo
A parede desabando e eu lá dentro, acelero e acelera o batimento
Tanto bate até que fura, água mole em pedra dura
Cada louco tem a sua loucura
Eu viajo por isso, quase sempre sem visto
A sereia me chama, eu não resisto
Sei que cada feiticeira tem a sua maneira de transformar
Uma laje de pedra em ouro maciço, parece feitiço
A sereia me chama, eu viajo por isso
Solitário Surfista 
Cheguei na praia, olhei pro mar, entrei no mar
Entrei no mar, olhei pra onda, entrei na onda
Entrei na onda e fiz a onda até a areia
Entrei na onda que corre na minha aldeia
A minha onda não é uma onda qualquer
Da minha onda eu saio de cabeça feita
E na areia uma sereia com pernas de mulher
Mais perfeita do que a onda mais perfeita
Adivinhava o meu futuro com os seus óculos escuros
Me filmando nas esquerdas e direitas
Cheguei na areia e a sereia entrou no mar
E só de onda eu me deitei onde ela deita
Tubarão em pele de cordeiro, um ataque de surpresa
Predador virando presa, uma sereia com pernas de mulher
Perfeição ou perversão da natureza?
Solitário Surfista 
Demorou
Mar tava bom?
Ficou melhor, chegou Jorge Benjor
Solitário Surfista não tá mais só
Muito obrigado, mar, por isso tudo
Meu amigo Gabriel, que maravilha
É isso aí cumpadre ...
                         Gabriel O Pensador e Jorge Benjor
....

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Meus Oito Anos

Oh ! que saudades que eu tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais !
Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais !
Como são belos os dias
Do despontar da existência !
- Respira a alma inocência
Como perfumes a flor;
O mar é – lago sereno,
O céu – um manto azulado,
O mundo – um sonho dourado,
A vida – um hino d’amor !
Que auroras, que sol, que vida,
Que noites de melodia
Naquela doce alegria,
Naquele ingênuo folgar !
O céu bordado d’estrelas,
A terra de aromas cheia,
As ondas beijando a areia
E a lua beijando o mar !
Oh ! dias de minha infância !
Oh ! meu céu de primavera !
Que doce a vida não era
Nessa risonha manhã !
Em vez de mágoas de agora,
Eu tinha nessas delícias
De minha mãe as carícias
E beijos de minha irmã !
Livre filho das montanhas,
Eu ia bem satisfeito,
De camisa aberta ao peito,
- Pés descalços, braços nus -
Correndo pelas campinas
À roda das cachoeiras,
Atrás das asas ligeiras
Das borboletas azuis !
Naqueles tempos ditosos
Ia colher as pitangas,
Trepava a tirar as mangas,
Brincava à beira do mar;
Rezava às Ave-Marias,
Achava o céu sempre lindo,
Adormecia sorrindo,
E despertava a cantar !
Oh ! que saudades que eu tenho
Da aurora da minha vida
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais !
- Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais !
Casimiro de Abreu
.....

O Fato ....

"O fato de o mar estar calmo na superfície não significa que algo esteja acontecendo nas profundezas."
                                                                     _O Mundo de Sofia 
 
   
.....

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Como Tudo Deve Ser

Um belo sonho veio então despertar minha vontade
Tudo vale apena pra te reencontrar
Me livrei de tudo aquilo e consegui mudar
Tudo que foi feito em troca de uma amizade mas
Felicidade é poder estar com quem você gosta em algum lugar
É foda ser louco, advogado do mundo mas
Como tudo deve ser?
É foda ser taxado de doido, vagabundo mas
Como tudo deve ser?
Foi quando te encontrei, ouvindo um som e olhando o mar
Foi quando te encontrei, ouvindo o som do mar rolar
Eu não nasci ontem, nem quando, como por onde mas
Como tudo deve ser, com as balizas do nosso sistema
Sigo imprimindo meu sonho na história, como tudo deve ser
Um belo sonho veio então despertar minha vontade
Tudo vale apena pra te reencontrar, me livrei de tudo aquilo e consegui mudar
Tudo que foi feito em troca de uma amizade mas
Foi quando te encontrei, ouvindo o som e olhando o mar
Foi quando te encontrei, ouvindo o som do mar rolar
Eu não preciso de promessas e acho que você também
Eu não tento ser perfeito e acho que você também
Dias e noites, pensando no que fiz
Eu sou um vencedor, eu lutei pelo o que eu quis
Mas quando não se pode mais mudar tanta coisa errada
Vamos viver nossos sonhos, temos tão pouco tempo
Foi quando te encontrei, ouvindo o som e olhando o mar
Foi quando te encontrei, ouvindo o som do mar rolar
Foi quando te encontrei, ouvindo o som e olhando o mar
Foi quando te encontrei, ouvindo o som do mar rolar
Foi quando te encontrei, ouvindo o som e olhando o mar
Ouvindo o som e olhando, ouvindo o som e olhando o mar
O mar
Chorão
 .....

Rosa Norte

Ah lá lá lom, ah lá lá lom
Ah lá lá lá lá lá lom lom..
Vou fugir pro Rosa Norte
Vou te levar comigo
Foi o brilho dos teus olhos
Que mexeu comigo
Abre a porta do teu corpo
Que eu quero estar contigo
Num barraco, na tua onda
No meio do teu livro...
Ah lá lá lom, ah lá lá lom
Ah lá lá lá lá lá lão lom..
Lá no céu daquele morro
Eu fiz meu barraquinho
Onde eu fico em frente ao fogo
Bebendo aquele vinho
Vendo a lua lá no morro
Eu vou dormir cedinho
Prá acordar no Rosa Norte
E surfar sozinho...
Quero teu amor, ao amanhecer
E acordar beijando você
E ao entrar no mar
Vou pedir ao céu
Que Iemanjá proteja meu bem
Que Iemanjá proteja meu bem...
Eu vou fugir pro Rosa Norte
E te levar comigo
Foi o brilho dos teus olhos
Que mexeu comigo
E abre a porta do teu corpo
Que eu quero estar contigo
Num barraco, na tua onda
No meio do teu livro...
Quero teu amor, ao amanhecer
E acordar beijando você
E ao entrar no mar
Vou pedir ao céu
Que Iemanjá proteja meu bem
Que Iemanjá proteja meu bem...
Quero teu amor, ao amanhecer
E acordar beijando você
E ao entrar no mar
Vou pedir ao céu
Que Iemanjá proteja meu bem
Que Iemanjá proteja meu bem
Que Iemanjá proteja meu bem...
Ah lá lá lom, ah lá lá lom
Ah lá lá lá lá lá lom lom..
Armandinho
                                                                                              ....

domingo, 1 de setembro de 2013

Simples Desejo

Hoje eu só quero que o dia termine bem
Na paz
Que tal abrir a porta do dia, dia
Entrar sem pedir licença
Sem parar pra pensar
Pensar em nada...
Legal ficar sorrindo à toa, toa
Sorrir pra qualquer pessoa
Andar sem rumo na rua
Pra viver e pra ver
Não é preciso muito
Atenção, a lição
Está em cada gesto
Tá no mar, tá no ar
No brilho dos seus olhos
Eu não quero tudo de uma vez
Eu só tenho um simples desejo
Hoje eu só quero que o dia termine bem 
Que tal abrir a porta do dia, dia
Entrar sem pedir licença
Sem parar pra pensar
Pensar em nada...
Legal ficar sorrindo à toa,toa
Sorrir pra qualquer pessoa
Andar sem rumo na rua
Pra viver e pra ver
Não é preciso muito não
Atenção, a lição
Está em cada gesto
Tá no mar, tá no ar
No brilho dos seus olhos
Eu não quero tudo de uma vez não
Eu só tenho um simples desejo
Hoje eu só quero que o dia termine bem
Thiaguinho